"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

30/06/2010

A VÍRGULA...


Sobre a Vírgula

Muito bonita a campanha dos 100 anos da ABI• (Associação Brasileira de Imprensa). Já é velha mas está sempre a tempo de a relembrar...

Vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

A vírgula pode condenar ou salvar.
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!

Uma vírgula muda tudo.
ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Detalhes Adicionais:


COLOQUE UMA VÍRGULA NA SEGUINTE FRASE:

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

* Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER...
* Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM...

29/06/2010

IMAGINEM!!!


Imaginem que todos os gestores públicos das 77 empresas do Estado decidiam voluntariamente baixar os seus vencimentos e prémios em dez por cento. Imaginem que decidiam fazer isso independentemente dos resultados. Se os resultados fossem bons as reduções contribuíam para a produtividade. Se fossem maus ajudavam em muito na recuperação.
Imaginem que os gestores públicos optavam por carros dez por cento mais baratos e que reduziam as suas dotações de combustível em dez por cento. Imaginem que as suas despesas de representação diminuíam dez por cento também. Que retiravam dez por cento ao que debitam regularmente nos cartões de crédito das empresas. Imaginem ainda que os carros pagos pelo Estado para funções do Estado tinham ESTADO escrito na porta. Imaginem que só eram usados em funções do Estado. Imaginem que dispensavam dez por cento dos assessores e consultores e passavam a utilizar a prata da casa para o serviço público. Imaginem que gastavam dez por cento menos em pacotes de rescisão para quem trabalha e não se quer reformar. Imaginem que os gestores públicos do passado, que são os pensionistas milionários do presente, se inspiravam nisto e aceitavam uma redução de dez por cento nas suas pensões. Em todas as suas pensões. Eles acumulam várias. Não era nada de muito dramático. Ainda ficavam, todos, muito acima dos mil contos por mês. Imaginem que o faziam, por ética ou por vergonha. Imaginem que o faziam por consciência. Imaginem o efeito que isto teria no défice das contas públicas. Imaginem os postos de trabalho que se mantinham e os que se criavam. Imaginem os lugares a aumentar nas faculdades, nas escolas, nas creches e nos lares. Imaginem este dinheiro a ser usado em tribunais para reduzir dez por cento o tempo de espera por uma sentença. Ou no posto de saúde para esperarmos menos dez por cento do tempo por uma consulta ou por uma operação às cataratas. Imaginem remédios dez por cento mais baratos. Imaginem dentistas incluídos no serviço nacional de saúde. Imaginem a segurança que os municípios podiam comprar com esses dinheiros. Imaginem uma Polícia dez por cento mais bem paga, dez por cento mais bem equipada e mais motivada. Imaginem as pensões que se podiam actualizar. Imaginem todo esse dinheiro bem gerido. Imaginem IRC, IRS e IVA a descerem dez por cento também e a economia a soltar-se à velocidade de mais dez por cento em fábricas, lojas, ateliers, teatros, cinemas, estúdios, cafés, restaurantes e jardins.
Imaginem que o inédito acto de gestão de Fernando Pinto, da TAP, de baixar dez por cento as remunerações do seu Conselho de Administração nesta altura de crise na TAP, no país e no Mundo é seguido pelas outras setenta e sete empresas públicas em Portugal. Imaginem que a histórica decisão de Fernando Pinto de reduzir em dez por cento os prémios de gestão, independentemente de os resultados serem bons ou maus, é seguida pelas outras empresas públicas.
Imaginem que é seguida por aquelas que distribuem prémios quando dão prejuízo.
Imaginem que país podíamos ser se o fizéssemos.
Imaginem que país seremos se não o fizermos.

Mário Crespo

Nota:


Um dia destes o homem poderá estar sem emprego... mas coragem de opinião tem-na!

28/06/2010

ECONOMIA EUROPEIA VISTA POR UM PROFESSOR DE ECONOMIA CHINÊS

Não é a primeira vez que trago este tema ao Blogue. Por vezes até tem havido quem não reconheça os perigos que nos avizinham em tempos próximos! Quem se aproveita destes erros (que estão por demais referenciados) são Países como a China e a India que vão ocupando uma posição previlegiada no mundo actual. O mundo ocidental vive acima das suas possibilidades (vive no FAZ-DE-CONTA) e está a autodestruir-se! Quando acordar está nas mãos de quem soube aproveitar dos nossos erros!!! Acordem que já vai sendo tarde...

A NOTÍCIA QUE ESTÁ ABALANDO O EGIPTO

Um muçulmano egípcio matou sua esposa porque ela estava lendo a Bíblia e depois enterrou-a com seu bebé nascido havia poucos dias e uma filha de 8 anos de idade. As crianças foram enterradas vivas!
Ele, então, disse à polícia que um tio havia morto as crianças. Quinze dias mais tarde, outra pessoa da família morreu.
Quando foram enterrá-la, encontraram as duas crianças sob a areia – E VIVAS!
O país ficou em choque e o homem será executado. Perguntaram à menina de 8 anos como ela havia conseguido sobreviver ao fim de tanto tempo e ela disse: 'Um homem que usava roupas brilhantes e com feridas que sangravam em suas mãos, vinha todos os dias para nos alimentar. Ele sempre acordava minha mãe para dar de mamar à minha irmã'.
Ela foi entrevistada no Egipto numa TV nacional por uma mulher jornalista que tinha o rosto coberto. Ela disse na TV pública, “Foi Jesus quem veio cuidar de nós, porque ninguém mais faz coisas como estas!”
Os muçulmanos acreditam que Isa (Jesus) aparece para fazer coisas desse tipo, mas as feridas em Suas mãos são prova de que Ele realmente foi crucificado e que Ele está vivo!
Também ficou claro que a criança não seria capaz de inventar essa história e, por outro lado, não seria possível que essas crianças sobrevivessem sem um verdadeiro milagre.
Os líderes muçulmanos terão muita dificuldade em lidar com esta situação e a popularidade do filme 'Paixão de Cristo' não os ajuda!
Como o Egipto está bem no centro dos mídia e da educação do Oriente Médio, você pode ter a certeza de que essa história vai se espalhar rapidamente.
Jesus Cristo ainda está deixando o mundo de pernas para o ar!
Por favor espalhe esta história por todos os lugares. 'O Senhor diz, “Abençoarei a pessoa que colocar Sua confiança em mim” (Jeremias 17).


Enviado por E-mail, pelo Amigo Mensurado

Nota:
Esta notícia é na realidade muito estranha, não tenho palavras para a poder comentar!

27/06/2010

Festa de Arromba no Jô Soares - que não foi para o ar


video


Isto passa-se no Brasil, mas por cá as festas são "afadistadas"!!!


video

26/06/2010

Um repelente eficiente e barato. Posso garantir que funciona mesmo.


Cravos espetados em limão afastam os mosquitos

O limão, quem diria, tão apreciado nas caipirinhas, não tem o mesmo prestígio entre os mosquitos. Aliado ao cravo, ajuda-nos a combater o Aedes Aegypt. O cravo-da-índia, espalhado por superfícies, é muito utilizado para afastar formigas. Contra mosquitos era novidade, até que experimentei e fiquei admirado com os resultados. Faça como na foto. Enterre alguns cravos em meio limão. Faça isso com 3 ou 4 limões e espalhe pela casa. Mais uma arma para afastar os mosquitos e se prevenir contra a dengue, malária e outras doenças transmitidas por mosquitos.

Enviado por E-mail, pela Amiga Lilia Pegado

25/06/2010

Mais uma vez o FAZ-DE-CONTA a funcionar...


Muitas vezes sinto-me sozinho a puxar pelas energias do país – Sócrates

O primeiro-ministro recusou-se hoje a comentar o discurso crítico feita na véspera pelo Presidente da República, alegando desconhecê-lo, mas referiu: "Muitas vezes sinto-me sozinho a puxar pelas energias do país e acho que o negativismo e o catastrofismo, próprio da lógica do quanto pior melhor, não terá sucesso". Como resposta às palavras de Cavaco Silva, que defendeu que o país se encontra "numa situação económica insustentável", bastando para tal "ter presente a evolução de três variáveis: o desequilíbrio das contas externas, a dimensão da dívida externa e o pagamento ao exterior de juros e outros rendimentos".
Confrontado, o primeiro-ministro referiu que o dever de todos os políticos "é nunca desistirem da confiança". "O que o país precisa de saber é que nos primeiros três meses o crescimento da economia portuguesa foi muito positivo, que nos primeiros cinco meses a nossa execução orçamental é muito encorajadora e quer deveremos deixar uma palavra de confiança a todos os empresários e a todos os agentes económicos", respondeu.
Perante a insistência dos jornalistas sobre o teor do discurso do Presidente da República, o primeiro-ministro voltou a responder: "Não gostaria de comentar as palavras do Presidente da República, eu digo as minhas. O que o país precisa é de confiança. Não acentuem o negativismo", disse.
PMF.
Lisboa, 25 Jun. (Lusa)


NOTA:
Eu diria que é o FAZ-DE-CONTA a funcionar... A chamada "Banha de Cobra" a tentar manter adormecido o Zé Povinho!
Dizer as verdades não é ser negativista!!! É ser realista!!!

24/06/2010

MENINA DA LUA - MARIA RITA


O BEIJO, do Blogue “ VERSEIRO” , do amigo Elcio Tuiribepi

23/06/2010

COMO FICARÁ A CHINA DO FUTURO?

A verdade é que a maioria do que compramos é made in China! Eis um aviso para o futuro!
Quem liga a esse aviso? Ninguém! Agora, é só aproveitar! E depois para os nossos filhos?

*Alguns conhecidos, voltaram da China impressionados...
*Um determinado produto que o Brasil fabrica em um milhão de unidades, uma só fábrica chinesa produz quarenta milhões.
*A qualidade já é equivalente. E a velocidade de reacção é impressionante.
*Os chineses colocam qualquer produto no mercado em questão de semanas.
*Com preços que são uma fracção dos praticados aqui.
*Uma das fábricas, está de mudança para o interior, pois os salários da região onde está instalada estão altos demais: 100 dólares, estamos perante uma escravatura amarela... alimentando-a. Horas extraordinárias?!... Na China?!... Esqueça! O pessoal por lá é tão agradecido por ter um emprego que trabalha horas extras, sabendo que nada vai receber por isso...

Essa é a grande armadilha chinesa. Não se trata de uma estratégia comercial, mas sim de uma estratégia de poder.

Os chineses estão tirando proveito, da atitude dos PROMOTORES DE MARCAS ocidentais, que preferem terceirizar a produção e ficando apenas com o que ela "agrega de valor": A marca.

As Empresas ganham rios de dinheiro comprando dos chineses por centavos e vendendo por centenas de dólares... Apenas lhes interessa o lucro imediato e a qualquer preço.

Mesmo a custo do encerramento das suas fábricas. É o que se chama de "estratégia preçonhenta". Enquanto os ocidentais terceirizam as tácticas e ganham a curto prazo, a China assimila essas tácticas para dominar no longo prazo.

Enquanto as grandes potências de mercado ficam com as marcas, com o design... Os chineses estão ficando com a produção, assistindo e contribuindo para o desmantelamento dos já poucos parques industriais ocidentais.

Em breve, por exemplo, já não haverá mais fábricas pelo mundo ocidental... Só as haverá na China!

Num futuro próximo veremos os produtos chineses aumentando os seus preços, produzindo um "choque da manufactura", como aconteceu com o choque petrolífero nos anos setenta.

Então já será tarde de mais... E o mundo perceberá que reerguer as suas fábricas terá um custo proibitivo e irá render-se. Perceberá que alimentou um enorme dragão e que dele ficou refém... Dragão que aumentará ainda mais os preços, já que será ele, quem ditará as "novas leis de mercado" pois quem manda é ele.

É ele e apenas ele, quem possui as fábricas, inventários e empregos. É ele quem vai regular os mercados e não os executivos ( da "mão- de- obra barata / lucro fácil " ) os "preçonhentos".

Iremos, nós e os nossos filhos, assistir a uma inversão das regras do jogo que terão impacto de uma bomba atómica... chinesa! Nessa altura é que o mundo ocidental irá acordar... mas já será tarde!

Nesse dia, os executivos os "preçonhentos"... Olharão tristemente, para os esqueletos das suas antigas fábricas, para os técnicos aposentados jogando bocha na esquina, para as sucatas dos seus parques fabris desmontados, etc. E lembrarão, com muitas saudades, o tempo em que ganharam dinheiro comprando baratinho dos "escravos chineses", vendendo caro aos seus conterrâneos. E então, entristecidos, abrirão suas "marmitas" e almoçarão as suas marcas que já deixaram de ser moda e, por isso, poderosas...

PEDE-SE A TODOS QUE REFLICTAM E COMEÇEM A COMPRAR - JÁ - PRODUTOS DE FABRICO NACIONAL, FOMENTANDO O EMPREGO DO SEU SEMELHANTE, DO SEU AMIGO, DO SEU VIZINHO E ATÉ MESMO O SEU...

(Luciano Pires, director de marketing da Dana e profissional de comunicação)

Entretanto vejam isto que é, no mínimo, uma selvajaria.

O mundo está completamente louco!. Na China não abundam creches, nem a esmagadora maioria das pessoas têm meios para as pagar. Então o que acontece a trabalhadores, homens e mulheres, com bebés? Fácil. Amarram os filhotes junto às instalações das fábricas e vão trabalhar. E os bebés ficam assim, como as fotos documentam. Em alguns casos ainda permitem que os bebés fiquem amarrados à vista de mães e pais. Mas o habitual é ficarem fora de vista... Incrível!








21/06/2010

Morreu o General Marcel Bigeard‏

Morreu em Toul no passado dia 18 de Junho o General Marcel Bigeard, autêntica lenda viva dos pára-quedistas franceses e para muitos em França como um pouco em todo o mundo ocidental, a personificação do militar de elite.
Veja em pormenor a sua vida no link abaixo
http://www.operacional.pt/morreu-o-general-marcel-bigeard/

20/06/2010

Pesadelo para a Europa, eis como Durão Barroso alerta a EU que "a democracia pode desaparecer, na Grécia, Espanha e Portugal


Para Jason Groves, a UE começou a socorrer de emergência com bilhões de libras a Espanha. pois ,segundo Durão Barroso, Países com dívidas podem cair para ditadores! Adverte, ainda, em visão "apocalíptica", que alguns estados sem dinheiro e onde as democracias são frágeis, estas poderão cair em 'colapso'!
Assim, na Grécia, Espanha e Portugal a menos que sejam tomadas medidas urgentes para enfrentar a crise da dívida, o chefe da Comissão Europeia alertou para essa situação num briefing extraordinário ao comércio e chefes sindicais na semana passada, em que os países atingidos pela crise no sul da Europa poderiam vir ser vítimas de golpes militares ou rebeliões populares visto as taxas de juros subirem e poder dar-se o colapso dos serviços públicos em virtude dos seus governos estarem a funcionar sem o dinheiro suficiente para fazerem face à crise instalada.
O aviso foi dado e verificou-se que os chefes da EU já começaram a trabalhar num pacote de socorro de emergência para a Espanha, que é susceptível de funcionar em centenas de bilhões de libras. Entretanto a ajuda R $ 650,000 milhões para a Grécia, já foi acordado.
Para John Humphrys, um dos cépticos da EU diz de Durão Barroso:
"Ele está muito, muito preocupado. Ele chocou-nos com uma visão apocalíptica das democracias na Europa em colapso por causa do estado de endividamento. Grécia, Espanha e Portugal, que só se tornaram democracias na década de 1970, são os que enfrentam problemas terríveis com suas finanças públicas. Todos os três países têm um histórico de golpes militares. O fim da democracia na Europa pode ver um retorno das figuras dominantes nas ditaduras. General Franco foi ditador de Espanha até 1975, Georgios Papadopoulos conduziu uma junta militar até 1973, e António de Oliveira Salazar governou como presidente até 1968.
Outros países da UE vêm os protestos públicos sobre os planos de austeridade incluir Hungria, Itália e Roménia, onde as remunerações no sector público estão a ser reduzidas em 25 por cento.
O aviso de Durão Barroso põe a nu a preocupação ao mais alto nível em Bruxelas, que a crise económica pode levar ao colapso do euro, mas da própria União Europeia, juntamente com uma série de democracias frágeis.
Mas, os pressupostos para resolver a crise (aumentos de impostos e cortes de gastos, na tentativa de evitar o desastre) podem fazer correr o risco de enfurecer os povos dos governos do sul da Europa, que já lutam para conter a ira do público.
Monks ontem advertiu que as medidas de austeridade poderiam levar o continente "de volta à década de 1930.”
Numa entrevista para a revista UE Observer disse:
"Isto é extremamente perigoso, estamos voltando à década de 1930, com a Grande Depressão que acabou nas ditaduras militaristas. Eu não estou dizendo que estamos lá ainda, mas é potencialmente muito grave, não só economicamente, mas politicamente também."
Monks
disse que em toda a Europa se estava planejando um dia "de acção" coordenada contra os cortes de 29 de Setembro, envolvendo protestos e greves nacionais.

Nota:
Talvez seja por isso que foi organizado o exército secreto European Gendarmerie Force para que, ocupando os Países sublevados, os seus governantes possam manter as medidas de austeridade que pretendem impor a qualquer preço! A verdade é que há que inverter este estado de coisas que tanto tem degradado a UE e os Países que dela fazem parte em benefício de uns quantos que têm enriquecido com prejuízo dos seus povos!
Ver os seguintes link's

http://www.ena.lu/conclusions_santa_maria_da_feira_european_council_1920_june_2000-02-27325%20target=
http://www.ena.lu/conclusions_nice_european_council_7_9_december_2000-02-17960


A ARTE ESTÁ PARA ALÉM DO CONHECIMENTO

Camille Allen, ela faz Bebés sem precisar de ter um companheiro, só precisa de pão e muita paciência, pois arte não lhe falta!
Eis os Bebés em Maçapão feitos pelas suas mãos hábeis!



















Enviado por E-mail, pela minha Amiga Maria Letra

19/06/2010

Rescaldo do Discurso do Dr. António Barreto

Não pretendo criar qualquer polémica sobre este assunto, antes pelo contrário, estas minhas palavras têm só o intuito de esclarecer o que me levou a enaltecer o Dr. António Barreto. Aceito que haja quem possa discordar, tal como António de Oliveira Martins o fez, pois cada cabeça sua sentença! Mas vejamos:
- António Barreto teve uma acção determinante em resolver os problemas resultantes de uma “reforma agrária” que estava a destruir a Agricultura em Portugal.
- Teve uma intervenção muito oportuna no problema da descolonização de Angola, com um artigo sobre o livro “Holocausto em Angola”, que demonstrou o seu Humanismo perante tão grave momento que então aí se viveu.
- Em diversos artigos de opinião tem mantido criticas acérrimas à política seguida pelo PS e seus actuais dirigentes no sentido de os demover dos caminhos que estão a ser por eles tomados.
- O seu discurso, que pode ser considerado “politicamente incorrecto” para muitos “esquerdistas”, no passado Dia 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e da Raça, pela primeira vez levantou o pesado véu que cobria os ex-combatentes, que aí se encontravam, até agora, escondidos pelos diversos governos, como se tivessem lepra ou não tivessem cumprido o seu dever perante a sua Pátria!
- Apesar de tudo acredito que António Barreto rejeitaria liminarmente a proposta por mim levantada por julgar que não está no seu horizonte político tal candidatura. A sua humildade não o levaria a aceitá-la!
- João Marcelino no dia 11, no DN, em texto que vale a pena ler, afirmou o que esse discurso foi "justo, corajoso e oportuno". Dele ainda respigo: “Já era tempo de alguém ter o desassombro intelectual de dizer aquilo que António Barreto disse, a todos e a cada um de nós”.
E ainda: “Um País pode ser pobre quando apenas possui decisores, gestores, gente muito rica e até políticos determinados ou obstinados. Mas pode ser rico, mesmo em tempo de crise, quando no meio de tanta miséria intelectual sobressaem homens que, como António Barreto, sabem pensar e derramar o bálsamo da palavra sobre feridas sociais que urgem ser cicatrizadas. E é para isto que também serve o Dia de Portugal.”

- Igualmente Ribeiro Soares, ex combatente como eu, lembrou que António Barreto soube distinguir entre uma guerra com a qual não concordava e por isso não combateu e os que nela combateram de forma honesta, quaisquer que fossem as razões porque o fizeram, cumprindo o seu dever de Portugueses.

- Tomé Pinto, sinteticamente afirmou, reagindo às minhas palavras: “Felizmente também há Portugueses honrados...”

- E ainda Ferreira Pinto, também ele, ex-combatente, soube dizer: “Compreendo e subscrevo (se assim se pode dizer) o teu entusiasmo.”

“Tendo presente a espantosa mensagem que o discurso de António Barreto conteve - e essa é, para mim, a mais extraordinária homenagem que, alguma vez, se prestou aos ex-combatentes - não deixaria de ser entusiasmante participar na sua eleição para Comandante Supremo (mais do que PR...). Claro, não ficaria nenhum de nós indiferente.
No entanto, com noção da realidade e com reflectido pragmatismo, convenhamos que qualquer movimentação nesse sentido não conduziria a lado nenhum, para além, claro, da indisponibilidade que António Barreto não deixaria de manifestar, mais do que compreensivelmente.
Mas, obviamente, que nos compete fazer alguma coisa para, em voz alta, de lés a lés, gritar a nossa gratidão, com dois objectivos fundamentais: primeiro, homenagear, agora, o Homem, o intelectual, o Português de eleição; segundo, esfregar nas trombas de todos os outros (desculpe-se a linguagem rasteira...) o orgulho de carregar connosco, de cabeça levantada, a honra de termos sido combatentes, por um Portugal que desde os nossos 18 anos juramos honrar e defender. E isso, por mais silêncio que façam à nossa volta, ninguém pode sujar!
Assim, meu caro, mobilizem-se as Associações de Militares para promover uma homenagem nacional a António Barreto que deveria revestir-se de um simbolismo marcante mas singelo e que poderia vir a ser no Dia de Portugal do próximo ano.
O Homem que nos fez, em 10 de Junho, escapar algumas lágrimas de orgulho, ficará para sempre, na sua reconhecida humildade, mas também na sua manifesta grandeza, como mais um de nós. Tanto lhe bastará!”

Nem tudo quanto fez António Barreto merecerá o nosso acordo, mas quem não erra que atire a primeira pedra! Para quem queira comparar Manuel Alegre com a sua pessoa lembro que António Barreto recusou a guerra, foi refractário e não cumpriu o serviço militar, mas nada fez que prejudicasse ou pusesse em risco os que combatiam. A sua luta foi sempre no âmbito político e das ideias, nunca com violência ou terrorismo. Enquanto Manuel Alegre fez o que fez, até agora nunca elevou a voz a homenagear os ex-combatentes, e isso não o inibe de ser candidato.

Assim, por tudo quanto atrás ficou dito julgo dispensar-me de dizer algo mais a justificar o meu entusiasmo e gratidão por este homem que desassombradamente fez JUSTIÇA a todos nós ex-combatentes!

Homenagem ao Casal Ferreira

Sendo a NÁ a Fada Madrinha deste blogue mal seria se a Tulha não viesse dar os parabéns ao Casal Ferreira pelos seus 34 anos de casados! Desde a primeira hora que os conheço virtualmente que os aprecio individualmente e como Casal. São uma dupla fenomenal, de rara sensibilidade quer artistica quer humana e de uma solidariedade sem par! Desejo-lhes as maiores felicidades pois bem as merecem. Ao Casal um grande abraço do tamanho do mundo.

O valor de uma amizade
Se em bom ouro se pagasse
Não havia, em qualidade,
Quantidade que chegasse!

(In Inquietando, de José Caniné)

18/06/2010

O ÓDIO AOS AMERICANOS!


Lendo os Vossos comentários ao post anterior lembrei-me de postar o que segue, que vem na linha desses mesmos comentários:

" O sucesso alheio causa inveja nos fracos, porque o sucesso está ao alcançe apenas dos fortes, dos destemidos e corajosos. Talvez resida aí a causa do ódio que muitos alimentam pelos americanos"
(Otacilio M. Guimarães)


Isso faz-me lembrar o porquê do chamado "Segredo Americano", bem definido no Decálogo de Abraham Lincoln, que é o seguinte:

- Você não pode criar prosperidade desalentando a iniciativa individual;
- Você não pode fortalecer o fraco, debilitando o forte;
- Você não pode ajudar os pequenos ,esmagando os grandes;
- Você não pode ajudar o pobre, destruindo o rico;
- Você não pode elevar o assalariado, pressionando a quem paga o salário;
- Você não pode resolver seus problemas enquanto gasta mais dinheiro do que ganha;
- Você não pode promover a Fraternidade da Humanidade, admitindo e incitando o ódio de classes;
- Você não pode garantir uma adequada segurança com dinheiro emprestado;
- Você não pode formar o carácter e o valor de um homem cortando-lhe a sua independência e iniciativa;
- Você não pode ajudar os homens realizando por êles permanentemente o que êles podem e devem fazer por si mesmos.


Mas claro, que a inversa destes princípios também deve ser acautelada para que haja harmonia entre os Homens. Assim manda o Bom Senso!


É isso que tem faltado ultimamente no Mundo! Esse tem sido o nosso MAL!

17/06/2010

Pensamento do dia...


A propósito das medidas que se têm tomado para reequilibrar as finanças do nosso País, talvez estas não fossem tão rigorosas se se desse seguimento a este pensamento:
"Se todos os homens recebessem exactamente o que merecem,ia sobrar muito dinheiro no mundo."
Millôr Fernandes

PARA ALÉM DA BLOGOSFERA... OU POR VIA DELA!!!


Bela surpresa esta que o João fez às nossas amigas e colaboradoras do Blogue Sempre Jovens, Celle e Ângela!
Realmente foram momentos fugazes mas muito intensos os que tivemos oportunidade de conviver com elas.


A sua chegada a Lisboa foi uma chegada de Vip's, que as surpreendeu e às suas companheiras de viagem... Faltou só a passadeira vermelha à saída da Alfandega…


Para quem não as conhece há a referir que são pessoas de muito fino trato que tiveram a gentileza de trazer lembranças muito interessantes, típicas da sua terra, para nos mimosearem! Esperamos que, no futuro, possamos retribuir tal atenção.


Como já vieram duas vezes e "não há duas sem três" esperamos que da próxima vez o período de convívio seja maior para assim podermos dar um melhor acompanhamento a quem tanto aprecia a nossa terra!


Foram, no entanto, momentos inesquecíveis podem crer! Pelas suas reacções julgamos que tenham sentido o mesmo!

Só lamentamos, e do coração o dizemos, a sua tristeza, no regresso, com o falecimento inesperado do seu querido Pai.
video

15/06/2010

Hernâni Lopes analisa a crise e aponta saídas‏

Na linha de política económica que se tem tomado neste Blogue considera-se importante trazer estes dois links onde Hernâni Lopes analisa e aponta as saídas da crise instalada na União Europeia e em particular em Portugal.

http://domirante.blogspot.com/2010/06/ernani-lopes-no-plano-inclinado-100612.html

http://domirante.blogspot.com/2010/06/ernani-lopes-no-plano-inclinado-100612_14.html

Estes links foram enviados pelo Amigo João Soares

14/06/2010

Rui Veloso e as promessas de Sócrates!!!

REMÉDIOS, GENÉRICOS E SIMILARES


Basta digitar o nome do remédio desejado no site abaixo, e você terá também os genéricos e os similares de todas as marcas, com os respectivos preços em todo o Território Nacional. Façam bom uso!
http://www.consultaremedios.com.br/

13/06/2010

IMAGINAÇÃO CRIATIVA




















O Ser humano é bastante criativo e nas imagens agora apresentadas podemos ver isso mesmo, pois de elementos muito simples conseguem-se criar pequenas peças algumas até bem artísticas.

E-mail enviado pela Amiga Mariazita