"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

18/10/2011

MAIS QUE ESCANDALOSO... UMA VERGONHA


Mais uma machadada na Equidade que devia existir

Os antigos titulares de cargos políticos vão escapar ao esforço adicional de austeridade que será exigido aos funcionários públicos e pensionistas que ganhem mais de mil euros.

Segundo o Orçamento do Estado para 2012, estas pensões serão apenas tributadas em sede de IRS.
(No Diário de Notícias)


A esmagadora maioria dos antigos titulares de cargos políticos vai ficar livre de um esforço especial adicional no âmbito da medida que corta pensões (regime geral e público) e salários públicos, mostra o Orçamento do Estado do próximo ano.

Quando todos os pensionistas que ganham acima de 485 euros vão sentir o peso da austeridade, o JN/Dinheiro Vivo apurou que a larga maioria das subvenções mensais vitalícias pagas a personalidades da política portuguesa recebe a benesse em 12 prestações mensais.
Como o Governo, na proposta de lei do Orçamento do Estado, apenas prevê ficar com o 13º e o 14º mês das subvenções. A medida terá pouco ou nenhum alcance.
"Que eu saiba, nessas subvenções não existe subsídio de Natal, nem de férias. Nem teriam de haver, pela simples razão de, tecnicamente, não serem pensões", atira Luís Mira Amaral, um dos muitos ex-políticos que têm direito a esse tipo de apoio. O ex-ministro "não tem conhecimento" de casos fora do esquema das 12 mensalidades.
(No Jornal de Notícias)

8 comentários:

Maysha disse...

Verdade amigo, nem queria acreditar quando ouvi esta noticia. Não sei o que comentar, é um escandalo!

Uma boa semana para si...dentro do possivel!!!
Abraço-o com amizade
Maysha

difusosreflexos disse...

Não tem porque bem se entende não lhe convém assim como não convém a nenhum desses parasitas.
Dá raiva!

Isto vai mudar, só pode, assim tenhamos todos consciência desta roubalheira.

Obrigada pela sua visita, amigo Luís.

Beijinho

Celle disse...

olá Luis, passei por aqui para visita-lo e lhe abraçar.
Beijos
Celle

Janita disse...

Querido amigo Luís.

A indignação e a revolta é colectiva. O futuro apresenta-se negro para os portugueses, sim, mas hoje passei para lhe desejar um bom fim de semana e manifestar o meu desejo que tudo esteja a melhorar com o estado de saúde do seu filho.

Um grande beijinho muito amigo.
Janita

A. João Soares disse...

Caro Luís,

Já abordei este tema, com algum pormenor em A caminho do fim ?.
Vale a pena meditarmos nisto. Um trabalhador com 1000€ de salário é lesado em 14,2857% (2 salários de 14). Alguém acredita que esses milionários vão pagar essa percentagem dos seus rendimentos? E, para haver equidade fiscal e justiça social, deviam para uma percentagem muito superior, porque num imposto há escalões, e isto funciona como um imposto extraordinário.
Estão a sacar apenas aos que menos têm e que mais necessidades têm.

Um abraço
João

Graça Pereira disse...

Meu Amigo

Tanto faz o povo gritar pelos direitos adquiridos, "lembrar" os que roubam descaradamente...que importa, se eles fazem as leis a talho de foice e à medida dos seus desejos, precavendo as suas "necessidades"?? É chuver no molhado!! Eles fazem a "crise" à medida dos seus bolsos e o resto...são cantigas, talvez um triste fado!!!
Beijos
Graça

Maria Luisa Adães disse...

olá luís

Cheio de verdades e de vigor, tudo quanto nos apresenta.

Obrigada pela luta que também é nossa.

Um beijo,

Maria luísa

Luis disse...

Caríssima(o)s Amiga(o)s,
Afinal sempre vão ser atendidas as nossa "preces" pois eles irão ter que pagar 14% do que recebem... Mira Amaral perdeu ainda que lhe não faça muita "mossa" tendo em atenção ao que ganha!
Obrigado pelas vossas visitas que me vão dando energia para continuar "blogando"!
Graças a Deus o meu Filho tem melhorado e já começo a ter algum tempo para cá vir! Visitas é que vai demorar ainda um pouco.
Saudações amigas e solidárias.