"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

19/10/2010

DEPUTADOS NO REINO UNIDO


Não é de estranhar, mas é interessante saber... como tudo é diferente...

Os deputados do Reino Unido, na "Mãe dos Parlamentos",

1 . Não têm lugar certo onde sentar-se, na Câmara dos Comuns;
2 . Não têm escritórios, nem secretários, nem automóveis;
3 . Não têm residência (pagam pela sua casa em Londres ou nas províncias);
detalhe: e pagam, por todas as suas despesas, normalmente, como todo e qualquer trabalhador;
4 . Não têm passagens de avião gratuitas, salvo quando ao serviço do próprio Parlamento.
E o seu salário equipara-se ao de um Chefe de Secção de qualquer repartição pública.

Em suma, são SERVIDORES DO POVO e não PARASITAS do mesmo. Como seria bom que por cá fosse igual... Não seriam necessários tantos aumentos de impostos!!!

A propósito, sabiam que, em Portugal, os funcionários não deputados que trabalham na Assembleia têm um subsídio equivalente a 80 % do seu vencimento? Isto é, se cá fora ganhasse 1000,00 ¤ lá dentro ganharia 1800,00 ¤. Porquê? Profissão de desgaste rápido?
E por que é que os jornais não falam disto?
Porque têm medo? Ou não podem?

4 comentários:

Carlos Albuquerque disse...

Boa pergunta, amigo Luís.
Porque é que os jornais não falam disto?
Só nos azucrinam o juízo com as guerrilhas político-partidárias que a nada conduzem.
É o que temos!
Abraço

Luís Coelho disse...

Se os jornais falassem claramente desses ordenados eram logo despedidos por «jornalismo travestido»

A. João Soares disse...

Caro Luís,

É um bom exemplo que vem de um país democrático e desenvolvido. Da Suécia também chegam bons exemplos como se pode ver no vídeo do post Em Portugal não é assim !!! Somos um País «rico» !!!. Mas os nossos sanguessugas não olham para tal tipo de exemplos.

Abraços
João
Do Miradouro

Luis disse...

Caríssimos Amigos,
Os vossos comentários respondem realmente às perguntas feitas no post. Seguindo o que o João disse coloquei aqui o post em que mostra o que se passa na Suécia. Que bom seria se seguíssemos o seu exemplo!!!
Um abraço amigo