"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

11/10/2009

ELEIÇÕES DA TRETA 3


Ainda a propósito deste tema:

VERGONHA

A abstenção de mais de 90% dos eleitores para os deputados representantes dos emigrantes é uma vergonha e só responsabiliza os políticos que fizeram as leis.
Não há mais desculpa. Só eles é que são os culpados

Estes 4 senhores (3 PSD e 1 PS), que aqui se sentarão foram eleitos por 8% dos nossos emigrantes, e, assim, representam quem?
Será que terão lata de alguma vez botar palavra?


Publicado por Manel no Blogue NRP Cacine

2 comentários:

Maria Letra disse...

Amigo Luís,
Vou comentar este post escrevendo o meu parecer, o qual gostaria não fosse interpretado como sendo uma atitude dos emigrantes que eu defenda, relativamente ao voto. Isso daria lugar a um texto e não é isso que estou a escrever neste momento.
Os emigrantes portugueses sairam do seu país, uma grande maioria, com uma pesada angústia, por terem de partir, deixar as raízes a que estavam, naturalmente, ligados. Os sucessivos governos, duma incompetência absoluta, levaram a que, esperança após esperança, a crença deles numa melhoria de vida se fosse perdendo num mar de problemas, muitos dos quais conheço de perto e magoam, magoam mesmo muito. Um enorme número deles recomeçou as suas vidas num país com o qual não tinham laços nenhuns. Estabilizaram a sua situação, constituiram e aumentaram as suas famílias. Acha que eles, depois disso, sentirão algum interesse em querer saber de Portugal? Eu sei que muitíssimos, não! Não me surpreende, portanto, que tivesse havido, apenas, 8% de emigrantes a votar. Eu não fui lá pôr o meu voto em branco porque o meu pé não mo permitiu. Senão teria ido. E mais não digo porque senão ainda vou ficar toda a noite acordada, porque a corrupção em Portugal tira-me o sono. Eu, na minha idade, já não deveria preocupar-me, mas tenho esta teimosa 'mania' de pensar nos outros, nos quais incluo os meus descendentes, que tanto amo..
Um grande abraço.
Maria Letra

Anónimo disse...

As eleições em Portugal são uma sem vergonhice pegada. É inadmíssivel que se formem governos com +-55% dos portugueses a votar. O que se passou com a eleição dos deputados em represen tação da emigração é verdadeira mente escandaloso. Mas esta situação interessa a quem está sentado na AR. Se fossem dignos representantes do povo já teriam, pelos menos tentado, que esta "fantuchada" ditas eleições, fossem alteradas.
Soba da Mutamba