"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

01/06/2010

Dia da Criança


Hoje Dia da Criança tive a oportunidade de as ver nos Jardins brincando e saltitando cheias de Alegria na companhia de seus Pais, Avós e nalguns casos com as suas Educadoras. O seu Mundo tem sido menosprezado últimamente e não é num dia que tudo se pode resolver. As Crianças agora serão os adultos daqui a uns anos e se se não cuidar delas teremos maus cidadãos no futuro! Urge, portanto cuidar com mais atenção tudo quanto lhes diga respeito tanto nas Familias como nas Escolas! Muito se tem dito e escrito mas pouco se tem feito no sentido de ver resolvidos os problemas diagnosticados. Nesta época consumista em que vivemos estes Dias são aproveitados para promoverem mais vendas em vez de as incitar em Serem em vez do Terem!
Como calculam cá em casa gozámos em pleno o nosso Tomaz que por sua vez muitas alegrias e carinhos teve e nos deu em contrapartida!


Devemos reflectir sobre a educação que estamos a dar aos nossos filhos, pois ela é sobretudo o nosso exemplo e os nossos valores. Se nós ajudarmos os que mais precisam, as nossas crianças vão aprender essa acção e esse valor e irão ajudar a construir um mundo mais justo e solidário.
Neste Dia da Criança, semeie esta ideia. Regue-a e alimente-a, pois ela dará os seus frutos.


Tirado de um post do Blogue da Amiga Manuela Araújo

5 comentários:

A. João Soares disse...

Caro Luís,

Os pais, avós, amigos e vizinhos, deveriam ensinar as crianças a integrar-se no mundo que as cerca, observando tudo com atenção, procurando compreender as coisas de que têm conhecimento. Aprender a tomar pequenas decisões, na gestão da semanada, no estabelecimento de prioridades, no valor do dinheiro como recurso finito, etc.

Sem um bom ensino das coisas práticas da vida, crescem desinformados, adoradores do dinheiro que não sabem gastar, vítimas do consumismo, com maus hábitos alimentares e com muitos vícios nefastos.

Devemos preparar as crianças a respeitar os outros e a aprenderem a ser adultos responsáveis.

Beijos
João
Do Miradouro

Fernanda disse...

Querida amigo Luís,

Parabéns pelo belíssimo texto.

Concordo consigo plenamente e até aposto que esse colinho é do Luís que segura o Tomás, que está um lindo rapagão.

Beijinhos aos dois.

Luis disse...

Meus Bons Amigos,
O "Colinho" é da Avó Lena pois eu não tenho jeito para pegar em bébés, posso brincar com eles mas nada de colinho pois tenho medo de os deixar cair e toda a gente goza comigo por isso mesmo...
Mas ele gosta do Vôvô e ri muito para mim e brinco também muito com ele!
Obrigado pelas palavras amigas que me dedicaram. Acredite Ná que quando comentei e falei nas crianças foi no sentido da Ná colocar um post no Sempre Jovens e nada mais, pois eu já estava a pensar na Tulha.
Um abraço ao João e um beijinho para a NÁ.

Rafeiro Perfumado disse...

Os sacanas dos meus pais não me ligaram. Passam o ano todo a chamar-me de criança, e depois no dia ignoram-me e pior, não me dão prenda!

Abraço!

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
Adorei a sua ironia, mas não acrdeito que Eles sejam mesmo...
Um abraço amigo.