"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

25/11/2010

A TERNURA DOS QUARENTA!

Ao ler o Jornal de Oeiras os meus olhos caíram na coluna O Sol e a Lua, de Nuno Campilho que versava sobre “A Ternura dos Quarenta”… E hoje também faz 40 anos o meu filho varão, daí o interesse que tive no referido artigo.

Diz ele” grande êxito de Paco Bandeira, dos idos anos 90, é o ponto de partida para a minha crónica de hoje. E porquê? Porque também eu atingi os quarenta… mas será que atingi a ternura?”

Lembrei-me logo do Frederico e como o autor a certa altura da crónica referiu “… gostaria de me reter por aqui. Fazer 40 anos não é nada de extraordinário. Não passa da celebração de uma data. A melhor idade é aquela que temos, essa é sempre a idade certa e aquilo que devemos celebrar todos os dias, é a Vida! Independente da idade que tenhamos. Assim, como tantas outras coisas, não importa a idade que temos, mas sim aquilo que fazemos com ela.”… E eu que o diga como os meus quase 77 anos!

…”E a ternura? Bem… não há muito a dizer. Senão havia ternura aos 39, não são os 40 que a fazem chegar. A ternura não está na idade, está nas pessoas.”…
Como canta Paco Bandeira, “meus amigos, importante é o sorriso para seguir viagem com a coragem que é preciso. Não adianta deitar contas à vida. A ternura dos quarenta não tem conta nem medida.”

Assim, espero que o Frederico se mantenha com o tal sorriso para seguir a sua viagem com a coragem necessária para vencer na Vida!


Hip hip Hurra!!!

4 comentários:

Valquíria Oliveira Calado disse...

A IDADE ASSUSTA ALGUNS, MAS NOS TRAS TANTOS BENEFÍCIOS E PENSAR EXATO, SENTIMENTOS CERTOS, A CALMA ESPIRITUAL DA CERTEZA DO SABER VIVER. ABRAÇO AMIGO

Fernanda disse...

Amigo Luís!

Haverá uma idade para a ternura?
É como diz o autor, a melhor idade deve ser, porque tem de ser ;) a que temos, a de agora e de cada dia que vivemos.

Com os "enta" talvez venha mais ternura...

Beijinhos

Lucia disse...

Pois muitos Parabéns ao Frederico! Com muita ternura.
Beijinho

Luis disse...

Minhas Queridas Amigas,
Obrigado pelas Vossas amigas e simpáticas palavras dirigidas ao meu rapaz! Quando se entra nos "entas" dificilmente se sai deles... Mas a ternura acaba por chegar com eles!
Um grande e muito amigo beijinho.