"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

16/03/2010

A CAMINHO DA ESCOLA...

video

As dificuldades porque passam estas crianças no caminho para a sua escola não as assusta e, no entanto, diáriamente põem em perigo as suas vidas para poderem aprender e estudar.

Na Europa e na América do Norte isto seria impensável! O que não há dúvida é que estas crianças sofrendo estas contigências quando adultas estão preparadas para a Vida e nada lhes meterá medo!

5 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
amigo
existem outras dificuldades,
bem mais graves !
gravíssimas . . .
,
saudações,
,
*

Luis disse...

Olá Amigo,
Acredito que sim, mas estas não deixam de ser muito difíceis! Na preparação dos Militares de Operações Especiais havia muitos homens que temiam este tipo de exercicio (Rappel), negando-se a executã-lo e por tal motivo não conseguiam obter a sua aprovação! E adianto que o Rappel a que se sujeitavam nem de perto nem de longe era tão perigoso quanto este aqui apresenatado.
Um abraço amigo.

M. Lourdes disse...

Luís
É terrível que as crianças tenham que passar por isto. Mas concordo consigo.Um dia mais tarde nada as atrapalhará.
Beijinhos
Lourdes

A. João Soares disse...

Amigo Luís,

As imagens que nos mostras são realmente de uma situação difícil que demonstra o sentido da responsabilidade na formação de futuros cidadãos, quer da parte das famílias quer das crianças.
Embora em grau muito menor quanto ao risco, no post A boa estrela e a tempestade é relatado um pormenor de uma criança que, durante sete anos, se deslocou diariamente entre a casa e o Liceu numa distância de 6 quilómetros e apesar dos dias de frio, chuva, vento, neve ou calor, obteve anualmente um diploma de prémio de assiduidade por não ter dado faltas nem chegado atrasada.
Assim se formam virtudes hoje pouco frequentes de dever, sentido das responsabilidades, espírito de sacrifício, dedicação, etc

Hoje criam-se crianças sem força de ânimo, sem perseverança, etc

Um abraço
João

Luis disse...

Caríssimos Amigo(a)s,
É isso mesmo hoje as crianças vivem em algodão cor de rosa cheios de mordomias e vicios desamparados dos seus pais, muitas vezes, e depois crescem impreparados para a vida...
Um abraço amigo.