"Vós que lá do vosso império, prometeis um mundo novo...CUIDADO, que pode o povo, querer um mundo novo a SÉRIO!" In: António Aleixo

12/03/2010

ORÇAMENTO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA!


É difícil de acreditar, mas é a verdade!
Orçamento da ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA para 2010WWW.dre.pt

Seguem-se ALGUMAS das rubricas Existentes no Orçamento que acaba de ser publicado em Diário da República.
Caso queiram consultar essa peça MARAVILHOSA e de SONHO só terão de ir ao site WWW.dre.pt e acederem ao Diário da República nº 28 - I série- datado de 10 de Fevereiro de 2010 - RESOLUÇÃO da Assembleia da República nº11/2010.Então DELICIEM-SE :

1 - Vencimento de Deputados ...................................12 milhões e 349 mil Euros
2- Ajudas de Custo de Deputados................................ 2 milhões e 724 mil Euros
3 - Transportes de Deputados ....................................3 milhões 869 mil Euros
4 - Deslocações e Estadas .........................................2 milhões e 363 mil Euros
5 - Assistência Técnica (?????) .....................................2 milhões e 948 mil Euros
6 - Outros Trabalhos Especializados (???????) .............. .
....3 milhões e 593 mil Euros
7 - SERVIÇO RESTAURANTE,REFEITÓRIO,CAFETARIA.......................... 961 mil Euros
8 - Subvenções aos Grupos Parlamentares................ .....................970 mil Euros
9 - Equipamento de Informática ................................. 2 milhões e 110 mil Euros
10 - Outros Investimentos (??????) .................................2 milhões e 420 mil Euros
11 - Edificios ........................................................2 milhões e 686 mil Euros
12 - Transfer's (???????) Diversos (????)............ ..............13 milhões e 506 mil Euros
13 - SUBVENÇÃO a PARTIDOS na Assembleia da República....16 milhões e 977 mil Euros
14 - SUBVENÇÕES ESTATAIS PARA CAMPANHAS ELEITORAIS ..73 milhões e 798 mil Euros

Isto são, então, ALGUMAS das rubricas do orçamento da ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA !

Em resumo e NO TOTAL a DESPESA ORÇAMENTADA para "aquela casinha", relativamente ao ANO de 2010, é de: € 191 405 356,61 (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos) - Ver Folha 372 do acima identificado Diário da República nº 28 - 1ª Série -, de 10 de Fevereiro de 2010.

Nos termos do disposto no Artigo 148º. da Constituição da República Portuguesa :
"(...) A Assembleia da República tem o MINIMO de cento e oitenta deputados
e o MÁXIMO de duzentos e trinta deputados, nos termos da Lei Eleitoral (...) ".
Acho desnecessário dizer se, EFECTIVAMENTE, a dita Assembleia funciona com 180 ou 230 deputados... E por aqui me fico.
Façam umas "contitas" e tirem CONCLUSÕES quanto ao valor que suportamos, POR CADA DEPUTADO. Quanto ás restantes outras CONCLUSÕES nem faço alvitres !
Ficam as mesmas ao VOSSO INTEIRO CRITÉRIO !! Boa disposição estomacal.. APÓS a leitura de tudo o acabado de expôr.
Nota:
Fala-se tanto no aumento de Impostos, na contenção dos salários da Função Pública e no aumento da Idade para as Reformas mas nunca vi nada sobre:
1- Redução do número de deputados para um número razoável a nível Europeu (80 a 90)
2- Contenção nos salários dos deputados para valores consentaneos com o Portugal que somos.
3- Contenção nos salários dos políticos, em geral, para valores consentaneos com o Portugal que somos.( Aqui devem ser incluidos os lugares de representação do Estado em Empresas Públicas)
4- Redução do número de Ministros, Secretários de Estado, respectivos Assessores e Assessores dos Assessores, incluindo a diminuição das suas mordomias.
5- Acabarem-se os "boys".
6- Todas as Reformas só serem dadas apartir dos 70 anos com valores igualmente consentaneos com o Portugal que somos, considerando os anos de serviço nessas funções e não como agora é feito em que há pessoas que ganham Reformas "pornográficas" por inteiro, não considerando os anos de serviço nessas funções e em idades muito inferiores aos 70 anos.
7- Acabar-se com "imunidades" e "impunidades" de toda a espécie, tal como acontece na maioria dos estados democráticos, pois isso iria diminuir a corrupção de que tanto se fala mas em que nada acontece.
Acredito que se os governantes começassem a dar o exemplo deixavam de haver tantos conflitos laborais e greves e haveria, isso sim, uma redução drástica nos gastos sumptuários que hoje existem!
Assim haveria o "espírito de missão" e os "sacrificios" tão propalados por parte dos governantes mas que, na realidade, não existem!!!

1 comentário:

MARA disse...

A imagem é mesmo muito bela!!!

Pena que o que lá se passa seja tão feio e tão inútil na maior parte das vezes.

Colarinhos brancos, mas feios pensamentos e acções condenáveis!

Quem aguenta é o pobre do "mexilhão"

Mara / Milai